A Porta 33 - Associação Quebra Costas Centro de Arte Contemporânea foi fundada no Funchal, Ilha da Madeira, em 1989. É uma associação cultural privada, sem fins lucrativos, declarada de Utilidade Pública conforme resolução do Conselho do Governo Regional da Madeira. Está sediada num edifício no centro do Funchal (número 33 da Rua do Quebra-Costas).

A Porta 33 é um projecto de produção de arte contemporânea. Convida os artistas a realizarem exposições inéditas e, sempre que possível, a partir das vivências por eles experimentadas na Madeira. É também um projecto de divulgação. Organiza colóquios sobre o trabalho dos artistas, promove visitas guiadas às exposições em colaboração com a comunidade escolar e mantém um centro de documentação de cultura contemporânea.

Desde 2000, a Porta 33 desenvolve um programa de residências. Este programa pretende efectuar uma ligação entre os artistas convidados a residir durante um período de tempo na Madeira, e as determinantes sócio-culturais e paisagísticas locais, imprimindo uma especificidade de lugar ao trabalho produzido. O programa tem possuído uma segunda vertente: o de convite a curadores, procurando um similar resultado.

Entre 2007 e 2009, correspondendo à proposta da Colecção Madeira Corporate Services (e na sequência da sua primeira exposição realizada em 2005 na Porta 33), estiveram aqui em depósito parte significativa das obras do seu espólio. Esta proposta constituiu a natural continuação do trabalho neste campo, já desenvolvido pela Porta 33 desde 1990, onde sempre existiu lugar para apresentar as evoluções recentes do desenho.

Sendo uma instituição sem fins lucrativos, a Porta 33 mantém uma actividade lateral como galeria de arte, opção que permite estimular o coleccionismo de arte contemporânea com parâmetros de qualidade. Esta actividade comercial contribuí para financiar alguns dos custos fixos da instituição.

Em 2009, por ocasião da celebração do vigésimo aniversário, a Porta 33 instituiu uma Bolsa de Estudo anual para um jovem artista nascido e residente na Região Autónoma da Madeira. Financiada pelas receitas da actividade, a Bolsa de Estudo funciona como complemento ao ensino oficial e tem como objectivo a integração do bolseiro no meio artístico.

Em Outubro de 2009, a Porta 33 viu aprovada a candidatura do projecto MAR-Madeira Artistas em Residência no âmbito do Programa de Valorização do Potencial Económico e Coesão Territorial da Região Autónoma da Madeira (INTERVIR+). O projecto MAR-Madeira Artistas em Residência tem como objectivos potencializar a experiência acumulada e rentabilizar a vocação da instituição na prestação de serviços na área do estudo e do incentivo à criação artística.

Desde 1993, a Porta 33 tem vindo a ser apoiada pelo Governo da Região Autónoma da Madeira (excepto em 2003 e em 2008) e, pontualmente, pela Fundação Calouste Gulbenkian, pela Fundação-Luso Americana para o Desenvolvimento, pela Câmara Municipal do Funchal e por algumas empresas sediadas na Região. De 1997 até 2004, a Porta 33 foi apoiada pelo Instituto de Arte Contemporânea/Ministério da Cultura. A partir de 2005, pela aplicação do Dec.-Lei nº 225/2006, o apoio do Ministério da Cultura foi limitado às entidades e agentes sediados no território de Portugal Continental.

 



PORTA 33, Rua do Quebra Costas 33
9000-034 Funchal, Ilha da Madeira
Telefone +351 291 743 038

Aberta ao público de Terça a Sábado das 16 às 20 horas ou noutro horário previamente solicitado.

Direcção / Orientação de Cecília Vieira de Freitas e Maurício Pestana Reis

Top