ILHÉSTICO — RUI CARVALHO
um roteiro de arte contemporânea para a cidade do Funchal
Curadoria de Miguel von Hafe Pérez
PORTA33 — 05.09.2019 - 14.03.2020

Jardim Municipal
(junto à estátua Simón Bolívar)
6 Setembro — 2 Novembro 2020

Rui Carvalho
Nasceu em 18 de junho de 1964.

Desde 1982 que desenha e pinta. No início, a sua produção era vendida nas ruas das cidades por onde viveu. Funchal, Lisboa, Zurique, Berlim, Londres e Roterdão. Em Zurique e Berlim teve contacto com a Vanguarda e Pós-vanguarda dos anos 90. A sua obra era conhecida somente num círculo restrito de amigos. Mais tarde despertou curiosidade e atenção no meio artístico português com a Exposição que esteve patente ao público na Porta 33 no Funchal no ano 2000 e 2005. E na Galeria 111 em Lisboa também em 2005. Igualmente neste ano foi convidado para apresentar o seu trabalho na Arco 2005 em Madrid-Espanha pela Galeria Porta 33 - Funchal. Esta abertura do meio artístico a um percurso muito singular e atípico fora das academias e dos circuitos habituais, com trabalhos que se resolvem entre a Banda Desenhada e a Pintura deveu-se muito à persistência e energia que se desprendem nos trabalhos de Rui Carvalho para quem a expressão artística é antes de mais uma necessidade interior. Aos 28 anos foi para Berlim na Alemanha onde o seu trabalho esteve exibido na Galeria de Oranienburguerstrasse na Kunsthaus-Tacheles no ano de 1994. Fez várias Exposições coletivas destacando-se a dos painéis pintados nos finais da Antiga Casa das Mudas na Calheta-Madeira. A sua obra é baseada no Expressionismo Moderno. As últimas exposições realizadas foram no Centro Cívico do Estreito de Câmara de Lobos e no Centro Cultural Anjos Teixeira no Funchal em 2015 e também esteve neste ano na XIX BIENAL de Artes Plásticas da Festa do "Avante!" com 2 obras suas expostas. Faz parte do espólio do Museu de Arte Contemporânea do Funchal onde realizou uma Exposição individual em 2011 na Fortaleza do Forte de S.Tiago ( Funchal ). Também faz parte do espólio do "Madeira Corporate Service" além de outras. Foi selecionado para pintar uma parede no Festival "AquiAcolá" na Ponta do Sol (Ilha da Madeira) de dimensões: 14 m de comprimento e 4 de altura em Maio de 2016. A 15 de Julho de 2016 expõe individualmente até 26 de agosto do mesmo ano na Ordem dos Arquitectos - Secção Regional do Sul - Delegação da Madeira (Rua dos Netos 24 no Funchal). Em 2017 participou no evento cultural "Rota do Açúcar" com 1 obra sua no Engenho da Calheta (Ilha da Madeira) numa exposição coletiva com mais 19 artistas, entre os dias 19 de abril até o dia 4 de maio do mesmo ano, evento cultural organizado pela Câmara Municipal da Calheta (Madeira), a Associação À Solta e o Engenho da Calheta. Em 2018 participa entre 6 de abril e 2 de maio numa exposição coletiva na Galeria Baag - Lisboa. Fez parte do Festival Aquiacolá 2018 na Vila da Ponta do Sol na Ilha da Madeira com 2 murais feitos no túnel do parque de estacionamento da mesma Vila entre 10 e 13 de maio desse ano.

facebook:@ruilectri
instagram:ruicarvalho7726